Quebrando a sensibilidade com o skate

Thor Thor e o skate…

Border collies e outras raças de cães, são muito sensíveis com skates, patinetes e tudo que se move rápido. E o Thor fica maluco com skates em especial…

Ele já está bem melhor em relação a locais com skatistas, mas ainda temos um trabalho a fazer… E agora ele vai ter contato direto com skate, para que isso seja algo mais do dia-a-dia dele… Esse foi o primeiro contato face-to-face com o brinquedo.

Penélope Vem, no seu primeiro treino de agility

Penélope Vem, no seu primeiro treino de agility

A aula de agility foi no Vale do Sol, em Guapimirim – RJ, dia 05/11/2016

O Flávio da Motivadog está fazendo aulas de agility no Vale do Sol, e eu e a Penélope fomos fazer nossa iniciação! auau

Luna border collie pastoreando…

Luna border collie, pastoreando no Vale do Sol

Ela é experiente! hehehe 8 anos… Mas foi a primeira vez dela no pastoreio, e olha só o resultado!

A Luna é uma border collie de 8 anos, que está para adoção no Rio de Janeiro, ela é super mansinha, obediente e carinhosa, e hoje, num passeio conosco ao Vale do Sol, se mostrou pastoreadora também! Vamos voltar mais vezes, para desenvolver esse lado melhor, ela adorou a coisa! Não saia do lado das ovelhas!

Border Collie arte com LEDs! hahahaha auau

Border Collie arte com LEDs! hahahaha auau

Quando você junta criatividade com border collies e disposição!

Já viu border collie pastoreando? Se você não se impressionar agora, desista, compre um poodle!

Aluguel de caçamba SP

Pastores alemães numa demonstração impressionante de obediência

Você já viu o vídeo dos pastores alemães seguindo o seu dono nas ruas?

Que tal deixar a sua opinião sobre isso?

São 5 cães que andam descontraidamente, sem guia, seguindo o seu tutor, sem distrações e com absoluto controle e obediência.

Há quem diga que treinos para esse nível de obediência, são cruéis, mas o Thor e a Penélope passam por treinos assim e são muito felizes! E eles adoram “trabalhar” aprendendo…

A única coisa que eu não recomendo a ninguém é a falta do uso da guia. Porque o cão é imprevisível, e qualquer coisa a qualquer momento na rua, pode gerar uma situação de crise. E se ele resolve atacar alguém, ou mesmo sair correndo pela rua, pode rolar um acidente.

E você, o que acha? Qualquer comentário é bem-vindo.